Arquivo | Rock RSS feed for this section

Wake Me Up When September Ends

1 jun

O título do meu post é uma música do Green Day que fez bastante sucesso por dois motivos. 1. A  letra da música 2. o videoclipe.

A música é uma composição de Billie Joe Armstrong(vocalista da banda) e no começo muito se “discutiu” sobre o verdadeiro significado da música e do videoclipe.  Billie Joe afirmou que fez a música em homenagem ao seu pai, que faleceu no mês de Setembro quando ele tinha apenas 10. Mas acho que também pode ser considerada uma crítica a guerra. Enfim.

O clipe tem 7 minutos (e pode ser considerado um curta metragem). O cenário/tema do clipe é um casal de adolescentes super apaixonados que são separados pela guerra, quando o namorado se alista.  O clipe reforça bem essa relação de amor e diversão entre o jovem casal e tem esse contra ponto entre a namorada sozinha em casa, e o namorado sendo encruzilhado pelas forças inimigas. Além disso, o final do vídeo fica em aberto, não da pra saber o que acontece com o jovem. Fica a critério do público. Mas acho que todos torcem para que ele sobreviva e volte para sua bela amada e voltem a ser felizes para sempre.

O clipe é muito fofo:

Qual das duas é mais “Perfect?”

23 maio

Hoje eu resolvi postar duas versões de uma mesma música e cantadas pelo mesmo artita:

Perfect – Simple Plan

Essa música é escrita poPierre Bouvier e Chuck Comeau, dois integrantes da banda que queriam falar sobre tentar crescer e seguir o futuro que você planejou quando seus pais tentam escolher o que eles planejam para a gente…

Gosto muito das duas versões, a acústica:

E tem também a versão original que no clipe eles estão no telhado de uma casa que tem vários adolescentes passando por várias situações pelas quais os integrantes do Simple Plan já passaram, como não ser compreendido pelos pais… No final começa a chover, os adolescentes destroem os quartos e saem da casa, metaforizando a liberdade deles para correr atrás dos seus próprios sonhos.

E vocês, qual preferem??

Acústico MTV: Cássia Eller

13 maio

Cássia Eller, uma das maiores cantoras do Brasil, teve sua vida interrompida em 2001, ela morreu em razão de um infarto do miocárdio, mas a causa de sua morte ainda é contestada pelos familiares e amigos. Seu último álbum e DVD lançado antes de falecer foi o “Acústico MTV”.

O CD: tem 17 canções de autores, como: Nando Reis, Renato Russo, Cazuza, John Lennon, Paul McCartney, entre outros. Os ensaios da banda aconteceram na Fazenda São José durante 3 semanas.

O DVD/ACÚSTICO: Foi dirigido por Nando Reis, amigo íntimo e fiel de Cassia, e Luiz Brasil.

 O cenário do acústico é de rosas vermelhas. Cassia amava rosas, por isso ela pediu que todo o cenário fosse cheio delas.

Sobre a Cássia:

No palco ela se transformava, ficava sem vergonha de nada. Mas por de trás dessa mulher forte que faz o que quer e não tem medo de nada, vivia uma Cassia que a gente não conheceu, uma Cássia MUITO envergonhada e tímida e que vivia se perguntando o porque de todo o sucesso dela.

Sem dúvidas, foi uma grande perda que tivemos na música brasileira. Ela faz falta.

Sem mais por hoje,

Ti Ti Ti – música, novela e clipe

10 maio

 A novela “Ti Ti Ti” da Rede Globo acabou faz pouco tempo e foi um grande sucesso. E para quem não sabe, o tema da novela era da Rita Lee.A música é de 1981 e tem o mesmo nome que a novela e foi regravada pela Rita especialmente para a abertura da novela. Além da regravação, a música ganhou um novo videoclipe.

O clipe é bem interessante.  Lembra um pouco  Arte Pop. Além das cores que mudam conforme o ritmo da música, aparecem desenhos e animações durante o clipe. É bem divertido e muito bem feito, é dinâmico e brinca muito com as cores, efeitos e etc. Adorei. Eu sou suspeita para falar porque amo a Rita Lee, mas o clipe é ótimo! Assistam. E não só o clipe é legal, a música também é muito boa, a letra é ótima e a novela foi muito boa também.

Beat it- Fall Out Boy

25 abr

Já podemos imaginar qual será o tema principal do clipe só de ouvir a letra da música, que fala de luta e briga, não restando muita dúvida de quais cenas preencherão o clipe. Essa música foi gravada originalmente pelo rei Michel Jackson, e recebeu o prêmio de dois Grammy Awards e dois American Music Awards.Clipe dirigido por Shane Drake com homenagem ao Michael Jackson.

A primeira cena, do clipe pra mim é a mais emocionante no qual a banda está dentro de sacos de lixo e ao começar a música eles saem de dentro dos sacos. Eu interpreto como uma metáfora de que os clássicos não podem ser esquecidos e serem jogados no lixo, eles estão sempre renascendo, tornam-se base para a modernidade, porque estão em constante reutilização e  reciclagem.Essa minha conclusão pode ter relação também com o jogo de luz, quando a banda está tocando a ‘’nova’’ versão do Beat it, a luz branca e o jogo de cor utilizado na cena, preto e branco, são importantes. Quando eles fazem menção ao passado,a ausência de luz é percebida,o que remete o antigo.

 Rei- Michael Jackson

Por se tratar de um clássico da música, a banda resolver homenagear o rei do pop em variados aspectos.

Primeiramente com os personagens que envolve a história, logo nas primeiras cenas aparece um homem vestido de Michael Jackson. E ao longo do clipe, o restante das personagens se não estão totalmente vestidos, estão usando a luvinha branca, tão característica de Michael.

Outra comparação que é claro e fácil de ver, foi a inspiração no original clipe de Michael Jackson. Vale a pena conferir e assistir os dois clipes. Vocês verão inúmeras coincidências. Aqui fica a dica de algumas. Como por exemplo a jaqueta utilizada por Pete Wentz e Patrick Stump do grupo Fall Out Boy é a mesma utilizada no primeiro clipe de Beat it.

Os espaços que ocorrem as lutas também são parecidos, ambos são ‘’esconderijos’’. Os movimentos! Durante todo clipe também movimentos e passos característicos do Michael Jackson são feitos. Tem até uma parte em que a coreografia do ‘’Thriller’’ é encenada.

Bom gente espero que vocês tenham se interessado e assistam os 2 clipes de Beat it e compare-os. Com certeza vocês acharão mais e mais coisas em comum. Qualquer semelhança é mera coincidência!? Hahaha..